Ford Quadriciclo

No dia 4 de junho de 1896, às duas horas da madrugada, debaixo de chuva, Henry Ford dirigiu seu primeiro automóvel pelas ruas de Detroit. Na porta da casa, a esposa Clara observava a aventura do marido, protegida por um guarda-chuva, segurando uma lâmpada de querosene. À frente do automóvel, o assistente Jim Bishop, conduzindo uma bicicleta, rastreava o caminho para avisar eventuais pedestres ou condutores de charretes que um automóvel ganhava as ruas da cidade.

Ford, então com 32 anos, havia gasto todo o tempo livre no inverno anterior, auxiliado por Bishop, desenvolvendo o Quadriciclo, uma típica “carruagem sem cavalos” (Horseless Carriage), ancestral do automóvel que teve várias unidades construídas no final do século passado, por diferentes pioneiros da indústria automobilística. Segundo registra a história, o Quadriciclo não tinha nenhum avanço mecânico em relação às carruagens sem cavalos construídas anteriormente, mas Ford ficou tão entusiasmado com a experiência que decidiu dedicar todo o seu futuro ao automóvel.

O Quadriciclo apresentava, porém, algumas soluções que já antecipavam a engenhosa simplicidade que Henry Ford aplicaria em seus veículos: o sistema de direção era comandado por uma alavanca recurvada no lugar do volante, e uma campainha doméstica colocada na frente do veículo foi a antecessora das atuais buzinas.

Réplica (em madeira e arame) do Ford Quadriciclo 1896, o primeiro automóvel desenvolvido por Henry Ford

Logo após o primeiro “teste” com o Quadriciclo, Ford vendeu o carro, construindo outro em seguida, ainda sem publicidade ou grande conhecimento público. Os primeiros automóveis Ford eram extremamente simples: construídos sobre uma base de charrete, usavam pneus de bicicleta e motor de dois cilindros. O motor era um capítulo à parte. Construído de sucata, não custou muito mais que um dólar e tinha os cilindros feitos com um pedaço de cano de gás de uma polegada.

A ideia de fazer um automóvel, ou melhor, uma carruagem sem cavalos, já vinha amadurecendo na mente de Henry Ford desde que ele conhecera Charles B. King, um jovem e talentoso inventor radicado em Detroit, responsável pelo primeiro veículo movido a gasolina que Ford viu andar. Embora sem possuir o embasamento teórico de King e de outros empreendedores da época, Ford aproveitou suas imensas habilidades como mecânico e engenheiro operacional, além de seu entusiasmo e capacidade de desenvolver novos processos de engenharia e manufatura para fundar, poucos anos mais tarde a sua própria empresa, a Ford Motor Company.

O Ford Quadriciclo possuía rodas semelhantes às de uma bicicleta

Diorama com réplica do Ford Quadriciclo

Hoje, o Quadriciclo é a primeira peça em exposição no Henry Ford Museum, em Dearborn, sede mundial da Ford. Junto dele está exposto o carro lunar, com o qual o homem percorreu a superfície da Lua. Curiosamente, os dois são muito semelhantes.

Foto do barracão em que Henry Ford construiu seu Quadriciclo, em 1896, em Detroit; no momento de testá-lo, Henry, ao perceber que não havia espaço para sair com o veículo, quebrou com um martelo a parede frontal do imóvel

 

Na sequência de sua carreira de empreendedor, Henry Ford fundou a Detroit Automobile Company, empresa que faliu um ano e meio depois de iniciar suas operações. Aí começou a se interessar pelas competições automobilísticas, ainda incipientes na época. Montou alguns carros de corrida que ficaram famosos na história do automóvel: em sua primeira experiência, Ford derrotou Alexander Winton numa prova notável na pista de Grosse Point, em Michigan.

Fonte: Ford para todos (internet)

 

Contato

MINIFORD - A Ford em miniatura Belo Horizonte, MG
Brasil
(31) 98641-6600

Twitter: www.twitter.com/ovalazul

fordminiatura@gmail.com